Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2014
Não, Poesia..., Amílcar Cabral

 

Não, Poesia: 

Não te escondas nas grutas do meu ser, 

Não fujas à Vida. 

Quebra as grades invisíveis da minha prisão, 

Abre de par em par as portas do meu ser 

- sai… 

Sai para a luta (a vida é luta) 

Os homens lá fora chamam por ti, 

E tu, Poesia és também um Homem. 

Ama as Poesias de todo o Mundo, 

 

- ama os Homens 

Solta teus poemas para todas as raças, 

Para todas as coisas. 

Confunde-te comigo… 

 

Vai, Poesia: 

Toma os meus braços para abraçares o Mundo, 

Dá-me os teus braços para que abrace a Vida. 

A minha Poesia sou eu.



publicado por atlanticodehistorias às 20:28
link do post | comentar | favorito

Blogue criado para a participação na segunda edição do concurso Ler Em Português, promovido pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura, tendo como tema: Português, Uma Língua com História.

posts recentes

Se ler é o vosso prazer e...

Passa Tempo com Livros

O Prazer de Ler #2

O Prazer de Ler

Biografia de autores Nort...

Ainda sobre a LIBERDADE #...

Ainda sobre a LIBERDADE

Sobre a LIBERDADE

Conversas com Títulos

O Amor é o Amor, Alexandr...

pesquisar
 
arquivos

Maio 2014

Abril 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

tags

25 de abril

acróstico

amor

apanhadas a ler

apresentação

autores americanos

blog

book spine poetry

cartaz

citação

concurso

conversas com títulos

dia dos namorados

direitos do leitor

ebook

estados unidos da américa

etimologia

expressões idiomáticas

facebook

guerra colonial

história

intertextualidade

leitores

leitura

língua inglesa

língua portuguesa

língua portuguesa em 800 palavras

literatura

livros

livros em português

marcadores de livros

memorial do convento

palavras

palavras cruzadas

palavras que me beijam

passatempos

personagens

playlist

poema

poesia

portugal

português uma língua a contar história

revista

revolução dos cravos

sopa de letras

texto

top 10

trailer

um poema por dia

vídeo

wordcloud

todas as tags